Marca trata modelos negros como primitivos e fortalece idéias racistas

A marca de luxo italiana Marni postou um evento por e-mail e perfil oficial do Instagram nesta sexta-feira (24), apontando que o evento era para replicar os estereótipos raciais relacionados à cultura negra e fortalecer falsamente o original e o negrito. Colonizar. As fotos foram tiradas na praia de El Salvador, usando modelos pretos escuros, biquínis e roupas de banho, e com expressões como “clima na selva”, “amuleto tribal” e “descalço na selva”.

A produção do evento também inclui elementos que nem são de marca, como chapéus e outros acessórios para aprimorar o ambiente rústico e original. Diet Prada vem revelando a opressão das principais marcas de moda, que é uma das características que condena o racismo da marca. Eles escreveram na publicação: “Esses estereótipos são algumas maneiras pelas quais o sistema de supremacia branca oprime, desumaniza e priva os negros dos direitos humanos”.

Além dessas frases, dois modelos também são revestidos com uma espécie de argila, e o outro modelo é coberto com uma sacola com nome de marca e corda, semelhantes às usadas para açoitar os negros escravizados. A terceira foto ainda mostra um modelo com um pé na lateral da corrente, referente à fechadura usada durante a escravidão. “Este é o pior exemplo de representação de corpo preto com olhos brancos. Você deveria ter vergonha!”, Pediram informações pessoais em um post no Instagram.

Nesta quarta-feira (29), a marca se posicionou em uma campanha publicitária que incluiu a direção de arte do fotógrafo Edgar Azevedo e Giovanni Bianco do Brasil, ambos no Instagram. No comunicado, a marca pediu desculpas e apontou que a campanha teve o impacto oposto. “Pedimos desculpas pela destruição e ofensa causada por nossa última campanha eleitoral.

Do ponto de vista do fotógrafo brasileiro Edgard Azevedo, a campanha destinada a celebrar a beleza da cultura afro-brasileira era originalmente o oposto. Eles ressaltaram que nossa inspeção foi inaceitável durante todo o processo de revisão, por isso lamentamos profundamente. Todas as fotos do evento foram excluídas da rede social Marni.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *