Câmara aprova primeiro adiamento em texto das eleições municipais

A Câmara dos Deputados votou 402 a favor do primeiro turno da tarde de quarta-feira no primeiro turno e 90 votos contra o texto básico da Emenda Constitucional (PEC), que atrasou as eleições municipais devido à pandemia. Coronavírus recente. A votação ainda é o ponto principal, o que pode alterar a proposta. Por se tratar de um PEC, o assunto deve ser aprovado em duas etapas.

Após a aprovação, as duas rodadas de eleições originalmente programadas para os dias 4 a 25 de outubro serão realizadas de 15 a 29 de novembro. O repórter, secretário-geral adjunto Jonathan de Jesus (Republicanos-RR), disse: “Na atual emergência de saúde pública, mudar o calendário eleitoral é uma medida necessária”. Ele acrescentou: “O novo prazo e A data é suficiente e os princípios da democracia e da república são observados, garantindo que as eleições permaneçam inalteradas durante o período do mandato. “

Após a aprovação do Senado, a Câmara dos Deputados analisou a Ementa Constitucional (PEC). Se aprovado pela Câmara, o texto continuará promulgando o presidente Jair Bolsonaro.

2 comentários em “Câmara aprova primeiro adiamento em texto das eleições municipais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *